Aprimorar os serviços da clínica veterinária e do pet shop e, com isso, conquistar e fidelizar mais clientes, são os objetivos de grande parte dos donos desses tipos de empreendimentos.

É claro que a concretização de tais objetivos exige empenho. No entanto, uma parte do gerenciamento costuma ser esquecida e, consequentemente, dificultar os avanços. Nós estamos falando da gestão de pessoas.

É fundamental saber gerir a sua equipe para ter bons resultados, e isso independentemente do número de funcionários.

Ter uma equipe envolvida com os objetivos da empresa impacta positivamente nos serviços prestados e torna o seu empreendimento mais competitivo.

Sabendo disso, continue lendo o nosso post que vamos dar algumas dicas para você aprender a fazer a gestão de pessoas em seu pet shop. Acompanhe!

1. Conheça os seus funcionários

Uma boa gestão de pessoas requer, primeiramente, conhecer todos os seus colaboradores.

Isso significa estar atento aos pontos fortes e fracos de cada um, às características individuais e ao que precisa ser trabalhado, assim como às expectativas de crescimento.

Conhecendo o perfil de cada colaborador, é possível distribuir as tarefas de acordo com cada um, alinhando as suas competências aos serviços prestados, de forma a contar com o melhor de cada funcionário.

Nesse sentido, o funcionário mais carinhoso e preocupado com os animais pode ser indicado para o setor de banho e tosa, enquanto o que lida melhor com finanças pode ser o responsável pelo caixa.

2. Seja acessível

Conhecer os funcionários e contar com o melhor de cada um requer ser um gestor acessível.

Eles precisam saber que podem chegar até você, seja para repassar a reclamação de um cliente, seja para fazer elogios ou críticas ao empreendimento.

Os funcionários lidam com o dia a dia do negócio e estão em contato direto com os clientes e, por isso, podem acrescentar no bom funcionamento do estabelecimento.

Assim, seja acessível, permita que eles se aproximem, que falem abertamente sobre as suas impressões, e os ouça com atenção.

Algumas vezes, essas conversas podem render bons frutos e chamar a sua atenção para questões até então despercebidas.

3. Mantenha um bom ambiente de trabalho 

Esse ponto pode passar despercebido para alguns gestores. No entanto, um ambiente de trabalho limpo, organizado e tranquilo é fundamental para contar com bons funcionários e para que eles trabalhem mais satisfeitos.

Além disso, um ambiente sujo e desorganizado passa a impressão de falta de preocupação com os funcionários e os clientes.

O cuidado com higiene é essencial, principalmente quando o assunto é um pet shop, que vai receber animais para banho e tosa e, em alguns casos, alinhar esses serviços aos de clínica veterinária.

Por isso, a limpeza é a chave para garantir um ambiente saudável para todos e a completa recuperação dos pets que estão ali por algum motivo de saúde.

Em uma clínica veterinária, isso inclui, ainda, contar com os equipamentos adequados para prestar um bom serviço. Por isso, não se esqueça de contar com aparelhos modernos e próprios para os serviços.

4. Ofereça treinamentos

Contar com uma equipe bem preparada é uma das formas mais seguras de ter um bom retorno em seu negócio.

Por isso, ofereça treinamentos aos seus funcionários, mantenha-os informados e treinados e incentive-os a se capacitarem cada vez mais.

Isso fará com que eles tenham perspectiva de crescimento, além de fazer com que prestem um serviço de mais qualidade aos seus clientes.

Aqui, também se torna importante conhecer a sua equipe para detectar quais competências precisam ser mais bem trabalhadas em cada um, como o trato com os pets, o atendimento aos clientes, a melhoria das técnicas de venda, a comunicação, por exemplo.

Assim, você conseguirá planejar treinamentos específicos para a necessidade de cada pessoa da sua equipe.

5. Dê feedbacks

Você treinou, distribuiu as tarefas de acordo com o perfil de cada um e orientou os colaboradores a se reportarem a você sempre que necessário.

E isso tudo é muito importante, mas você também precisa falar individualmente com os funcionários e dar um retorno sobre as impressões deles. Assim, o feedback é uma ferramenta vital na gestão de pessoas.

O proprietário da clínica veterinária deve falar com os funcionários se as expectativas estão sendo atendidas, se o treinamento oferecido está tendo o retorno esperado, se os pontos positivos estão se sobressaindo.

E nunca se esqueça disto: elogie em público e chame a atenção privadamente.

A conversa com os seus empregados deve assumir um tom profissional, por isso, se quiser manifestar a sua insatisfação, aja com firmeza, mas também com educação.

E se quiser fazer elogios, não denigra a imagem de uma pessoa para valorizar a de outra.

6. Delegue responsabilidades

Delegar responsabilidades é fundamental para o negócio. À medida que a sua empresa for se expandindo, você não poderá mais assumir todas as responsabilidades, sendo preciso contar com os funcionários.

Se você teve atenção à primeira dica e conheceu bem cada funcionário, inclusive as características positivas e negativas, saberá quais atribuições poderá delegar aos membros da equipe.

Essa delegação fará com que eles se sintam valorizados e queiram desempenhar um ótimo trabalho.

Como forma de se precaver, faça isso aos poucos: comece com pequenas responsabilidades para ver como os funcionários se saem e esteja disposto a ajudar e a corrigir eventuais falhas. Com o tempo, você e eles vão ganhar confiança mútua. 

7. Crie uma política de benefícios

A política de benefícios é uma excelente forma de valorizar os bons funcionários e de reter talentos.

Para isso, estude o seu mercado, avalie as práticas adotadas pelo segmento e analise quais medidas estão dentro de suas possibilidades.

Prefira benefícios que eles valorizem e que demonstrem o seu apreço por um trabalho bem feito.

E, como dito, a política de benefícios aplicada corretamente tende a reter talentos em seu petshop.

Como você sabe, pode ser difícil encontrar pessoas que estejam em sintonia com os seus objetivos e que cumpram as suas atribuições com empenho e zelo pelos pets. Por isso, recompense sempre os bons funcionários.

Com essas dicas, a gestão de pessoas em seu petshop tende a melhorar sobremaneira os serviços prestados e, assim, elevar o nome de sua empresa, proporcionando a conquista de mais clientes.

Tomando os cuidados necessários, vai ficar bem mais fácil de aplicar a gestão de pessoas em seu empreendimento.

Gostou do post? Então, deixe o seu comentário e conte se você já aplica a gestão de pessoas em seu negócio e se essa medida tem valido a pena!

Compatilhe: