Tornar uma clínica veterinária mais profissional não é uma tarefa fácil. Além de lidar com os pacientes e o com cotidiano dos atendimentos, o proprietário desse tipo de estabelecimento deve estar preparado para solucionar as questões burocráticas e administrativas da empresa.

Garantir um bom diagnóstico e tratamento para os animais é fundamental, mas também é preciso adotar uma postura profissional no atendimento e relacionamento com o cliente. Isso diferencia as boas clínicas veterinárias das excelentes.

Portanto, se você deseja tornar a sua clínica veterinária mais profissional, continue a leitura. Nós listamos 7 dicas fundamentais para atingir esse objetivo.

1 – Invista no relacionamento com o cliente

Empresas profissionais conhecem o histórico de seus clientes. Uma boa dica para controlar todas as informações pertinentes sobre os seus pacientes é investir em um sistema de CRM (Customer Relationship Management ou Gerenciamento de Relacionamento com o Cliente).

Esse tipo de sistema possibilita que todos os dados sejam armazenados no computador da empresa. Você poderá incluir nome, endereço, contato, raça, histórico médico e preferências de compras. Dessa forma, os clientes que voltam à clínica não precisam repetir todas as informações e têm a percepção de que estão sendo valorizados e que são únicos.

Além disso, os dados coletados podem ajudar no momento de divulgar as novidades e promoções da clínica, pois a empresa poderá segmentar o público e entrar em contato apenas com as pessoas que realmente têm interesse naquela oferta. Essa também é uma ótima maneira de personalizar os serviços e fidelizar o seu cliente.

2 – Tenha ética e responsabilidade

Isso é fundamental para qualquer tipo de empresa. Cumpra com seus compromissos, dê o melhor de si, seja pontual e exija o mesmo de seus funcionários.

Lembre-se de que sua empresa trabalha com vidas e, muitas vezes, fará o atendimento de clientes que estão passando por momentos delicados. Portanto, é preciso ter ética, respeito e responsabilidade em todos os momentos.

Os bons profissionais também devem ter uma boa dose de sensibilidade.

3 – Invista em serviços de alta tecnologia e qualidade

Nós vivemos em um mundo altamente moderno, o que tem sido extremamente benéfico para a área da medicina diagnóstica. Os avanços tecnológicos permitem diagnósticos mais precisos e tratamentos mais eficientes, tanto para as pessoas quanto para os animais.

Não oferecer esse tipo de serviço para o seu cliente pode ser uma decisão bastante arriscada, pois as pessoas buscam sempre a melhor maneira de dar apoio aos seus pets. Caso não encontrem algum tipo de atendimento na sua clínica, poderão buscar outras empresas.

A dica é sempre investir em serviços de alta tecnologia e qualidade, visando oferecer o melhor para o cliente.

Nós entendemos que fazer grandes investimentos financeiros em equipamentos tecnológicos pode não ser viável, principalmente diante da atual situação econômica do país. Nesse caso, terceirizar os serviços é uma solução bastante inteligente.

Além de reduzir os custos, essa prática pode melhorar a qualidade dos seus serviços e permitir a otimização dos espaços da sua clínica veterinária. 

4 – Ofereça treinamento para a sua equipe

A postura ética e profissional deve ser adotada por todos os colaboradores da empresa. Mas, para exigir a excelência de seus funcionários, é preciso oferecer-lhes ferramentas de aprendizado e aprimoramento.

Sempre que possível, invista em cursos de capacitação para os colaboradores da sua clínica veterinária, principalmente para aqueles que têm contato direto com o público. Além de torná-los mais preparados para o dia a dia da sua empresa, essa prática também tende a motivá-los e valorizá-los como profissionais. 

Garantir que os profissionais estejam motivados e satisfeitos evita a grande rotatividade de pessoal, que é bastante prejudicial para qualquer empresa, pois tem um custo elevado e declina a qualidade do atendimento. Além disso, a alta rotatividade prejudica o estabelecimento de uma relação de confiança entre o pet e seu tutor e o profissional. 

5 – Tenha um diferencial

O que diferencia o atendimento da sua clínica veterinária das demais? O que faz com que um cliente vá até a sua clínica e não à concorrência?

Um bom profissional deve ter a resposta para esse tipo de pergunta na ponta da língua. Atendimento personalizado, especialização em uma determinada espécie, alta tecnologia, fácil acesso, estacionamento no local e tratamentos alternativos são alguns exemplos de diferenciais competitivos.

Para tornar a sua clínica veterinária mais profissional, tenha um diferencial, o reconheça, e principalmente, saiba explorá-lo de maneira criativa e inteligente.

6 – Crie ações de marketing

Tão importante quanto oferecer qualidade e ter uma postura profissional, é ser reconhecido como tal. Portanto, após iniciar a gestão de relacionamento com os clientes e definir o seu diferencial, comece a criar ações de marketing, visando firmar o seu negócio no mercado.

Durante o planejamento e execução das ações de marketing da sua clínica veterinária, nunca abra mão da ética e da responsabilidade. Comunique, anuncie e propague a sua marca de maneira respeitável, não apenas com os clientes, mas também com os seus concorrentes.

7 – Seja encontrado com facilidade

Muitas pessoas buscam referências na internet, antes mesmo de ter a primeira experiência com uma empresa. Por isso, é importante que a sua clínica veterinária seja encontrada com facilidade na rede e mostre-se disponível para oferecer informações on-line.

Tenha um site, mesmo que seja simples. Por mais irônico que pareça, uma página na internet agrega valor e credibilidade à empresa. Esteja presente também nas redes sociais e coloque-se à disposição de seus clientes através deste canal.

É claro que você não poderá realizar diagnósticos ou receitar medicamentos pela internet, mas essa é uma maneira de tirar dúvidas sobre consultas e horários de funcionamento. Plataformas como o Facebook e o Instagram também são excelentes para divulgar os seus serviços.

Por fim, tenha uma linha de telefone fixo e um celular corporativo sempre ativos. Garanta que ambas as linhas sejam atendidas sempre, pelo menos durante o horário comercial. Para um cliente, é muito frustrante tentar contato com uma empresa e não ser atendido.

Agora que você já conhece sete formas de tornar a sua clínica veterinária mais profissional, é hora de colocar a mão na massa e planejar o progresso da sua empresa. Você conhece mais alguma dica para profissionalizar uma clínica? Deixe a sua resposta na área dos comentários. Sua sugestão pode ajudar muitas pessoas!

Compatilhe: